Existe um interesse contínuo sobre missão integral. Ocorre que muitos líderes e pastores erram em definir a missão integral, desconectada da missão da igreja. Eles enfatizam a ‘Missio Dei‘ como forma de realizar a vontade de Deus. Em um contexto em que a igreja cristã está ausente, entende-se que missão integral pode ser realizada por pessoas ou grupos que formam o Corpo de Cristo.

A Missão integral compõe-se de comunhão, proclamação da palavra, testemunho, serviço e adoração. Simples assim. Penso que qualquer Instituição humana precisa calibrar suas ações para atingir estas dimensões fundamentais. Essas e outras dimensões dependentes ou sobrepostas aparecem na declaração de missão de igrejas e Organizações. O Instituto Paracleto pesquisou dezenas de igrejas na cidade do Rio de Janeiro e encontrou as dimensões mais fortes e as mais fracas. Chegará um tempo que as demais Organizações precisarão se avaliar para verificar estas dimensões. É uma questão de tempo e oportunidade.

Portanto, lutar por justiça social não é missão integral. Realizar projetos de ação social não é missão integral. Evangelizar grupos não engajados ou tribos urbanas não é missão integral. Percorrer igrejas e clubes com uma banda de música não é missão integral. Pregar ou ensinar a palavra em centenas de pequenos grupos não é missão integral. Missão integral se alcança com um pouco de cada dessas dimensões. A priorização sobre uma atividade ou a ausência de uma delas causa a devida impressão que ela é parcial e precisa ser conectada com as outras.

Falar em missão integral e não entender sua abrangência e suas possibilidades parece ignorância. Praticar apenas uma de suas dimensões, não garante seus resultados integrais. Se não realizo todo um processo criativo e transformador, meus resultados serão parciais. Por isso, muitas ONGs apresentam resultados parciais e seus componentes se sentem frustrados perguntando o que ocorreu no processo apesar de todo o planejamento realizado? Arrisco responder que a missão integral de Deus para o ser humano não foi visualizada ou expressa. O que se busca em parte, se recebe uma parte. É um princípio do Reino de Deus.

Segue uma relação de postagens relacionadas ao tema, para seu conhecimento e comentários:

  1. A Dimensão Diaconia na Missão Integral da Igreja
  2. Empresas mais transparentes
  3. Deus nos ajude a ter um Brasil evangélico
  4. Quantos amigos você realmente tem? Volte ao mundo real enquanto há tempo.
  5. É possível medir a felicidade?
  6. 10 razões para frequentar uma Escola Bíblica
  7. Por que você não quer mais ir à igreja após ler o “livro”?
  8. Helder Câmara, fé e política
  9. Brasil é 3º país onde mais se crê em Deus, diz pesquisa
  10. Lidando com as gerações na igreja – parte 1
  11. As Empresas brasileiras são as mais autoritárias do mundo. Receio que nossas Instituições também!
  12. América Latina, crescimento e homicídios
  13. A contra-reforma católica já está em andamento no Brasil
  14. O poder da fé contra as drogas
  15. A decadência da influência espiritualista nos governos, empresas e eventos do Brasil
  16. Biopolítica ocorre quando o Estado embolsa a família!
  17. Bíblia, perfeição para a imperfeição
  18. Uma abordagem bíblica e contextualizada sobre o ofício apostólico. Uma proposta para sua ampliação e regulamentação no Brasil.
  19. O que aconteceu com Rob Bell? Pode ser o sucesso ou a crise da meia-idade.
  20. Pelo mundo das ONGs, Gongos e Bingos
  21. O crescimento e desilusão com os livros de auto-ajuda
  22. O psiquiatra Kalman Kaplan usa personagens da Bíblia para tratar seus pacientes.
  23. Recall de músicas gospel. Versos neológicos, erros teológicos.
  24. Quando o Avivamento floresce, a revolução cresce. A Primavera permanece.
  25. Rompendo limites de assistência nas igrejas. Break attendance barriers at churches.
Anúncios