Casamento e divórcio – primeira parte de uma série de estudos. Muitas igrejas não teriam tantos problemas se permitissem a quem tem famílias saudáveis poder falar.
Muitas disputas e interesses restringem o ensino correto e a proteção de Deus.

Blog Paracleto

Ambos os textos de Mateus 5:32 e 19:9 usam a palavra grega porneia, de significado diferente de moixeia, traduzida para adultério. De acordo com H. Reisser, palavras do radical porne tem significado ao hebraico zanah que inclui prostituir ou fornicar. As tradições rabínicas usaram porneia não apenas para prostituição e sexo extra-conjugal, mas também incesto e todo tipo de perversão sexual.

No contexto de Mateus 19, os fariseus buscaram tentá-lo. Jesus utiliza como fundamento Genesis 2:24 para responder a pergunta: o divórcio é permitido em algumas situações? A resposta é clara e direta: Não. Jesus acrescenta no verso 6: “O que Deus uniu, não separe o homem”. Estamos falando do plano perfeito de Deus. Porém, Deus criou o homem com vontade própria, o que acrescentou um fator de risco ao Plano de Deus.

  • E Jesus, respondendo, disse-lhes: Pela dureza do vosso coração vou deixou ele (Moisés) escrito esse…

Ver o post original 904 mais palavras

Anúncios