Acidentes de trabalho aumentam conforme há maior número de empregados expostos ao risco. Vemos obras de construção em diversas regiões.
Maior disciplina e normatização do trabalho pode diminuir os atos e condições inseguras. Os números de acidentes são muitos “controlados” e, com certeza, sub-notificados.
As construções recebem um número maior de trabalhadores, contribuindo para o aumento dos acidentes.

Blog Paracleto

As estatísticas do Ministério da Previdência e Assistência Social mostram que em 2004 foram registrados 28.875; em 2005, 29.228; em 2006, 29.054; em 2007, 37.394 e; em 2008, as últimas publicadas, 49.191. Esses números disparam um alerta, pois evidenciam o não cumprimento da NR- 18 e a exposição dos trabalhadores aos inúmeros riscos inerentes aos canteiros, sem falar na sobrecarga horária em função dos prazos reduzidos para a entrega das obras.

Gráfico Tendência dos Acidentes

Estamos criando um exército de inválidos, com um custo altíssimo para o Estado e para as famílias dessas pessoas”, diz Rubens Curado, gestor nacional do programa Trabalho Seguro, do Tribunal Superior do Trabalho (TST). A situação levou o TST a eleger a construção civil como tema deste ano do programa Trabalho Seguro, que visa aumentar a conscientização de trabalhadores e empresas sobre a necessidade de adotar medidas para evitar os acidentes.

 

Acidentes na construção civil
Ano Número de…

Ver o post original 309 mais palavras