A empresa japonesa Absolute Territory resolveu inovar na publicidade. Especializada em vender espaços publicitários nas pernas das mulheres japonesas, a agência surgiu em outubro de 2012 como uma empresa beta que pretendia prestar serviços até março deste ano. Mas a ideia foi se alastrando e só no primeiro mês já tinha recebido o cadastro de mais de 1300 mulheres (com mais de 18 anos). Entre empresas que contrataram os serviços estão lojascampo de futsal em Tóquio e até a banda Green Day, que resolveu aderir para divulgar os CDs UNO, DOS, TRÉ.

Japonesas de Tóquio desfilaram neste sábado, 20 de julho, nas ruas de Tóquio, com um acessório inusitado. Mais do que os vestidos e saias, as atenções eram voltadas para os adesivos de divulgação do filme Ted, que estavam colados nas coxas das meninas.

Para ganhar o equivalente a R$ 70 (cerca de US$ 30), a única coisa que precisaram fazer é ficar andando de minissaia pelas ruas da cidade, atraindo a atenção de consumidores para o produto exibido nas próprias coxas. O termo “zettai ryouiki” ou “território absoluto”, que dá nome à empresa, é referente à parte da perna que fica à mostra entre a barra da saia e a meia comprida ou bota de cano longo. 

O espaço custa entre mil e dez mil ienes (aproximadamente entre 20 e 200 reais) para que a menina desfile com um adesivo colado nas coxas por oito horas. Para assegurar que elas estejam usando o adesivo durante todo o período, as “garotas-propaganda” têm que se comprometer a postar fotos em redes sociais. Na ação deste filme, as meninas receberam o equivalente a 70 reais e a intenção da empresa, mais do que vender o produto, é a de chamar a atenção e gerar visibilidade em mídias sociais com Facebook e Twitter.

A ideia é similar ao modelo de negócio criado por um empresário americano especializado em fazer anúncios em cabeças de homens carecas.

Anúncios