Minha filha, Laryssa Ribeiro, formada em Gestão Ambiental e coordenadora no Instituto Paracleto, inicia suas contribuições neste Blog na categoria “Meio Ambiente”. É uma alegria vê-la reunindo informações e apresentando trabalhos inovadores de sua área de atuação.

Todo mundo sabe que o excesso de lixo produzido pelas pessoas é um problema em escala mundial. Pensando nisso, a marca de refrigerante Guaraná Antarctica resolveu tomar uma iniciativa para reutilizar embalagens e assim diminuir drasticamente a quantidade de lixo que vai parar nos aterros sanitários – eles lançaram a primeira garrafa PET feita 100% com material reciclado. Com essa ação, mais de 120 milhões de garrafas PET foram recicladas e retiradas do meio ambiente. Isso significa que qualquer embalagem PET, independente da cor ou formato, pode se transformar em uma garrafa 100% reciclada de Guaraná Antarctica.

Em um ano 20% de toda a produção da marca já é 100% reciclada. A próxima meta da companhia é conseguir empregar as tecnologias em todas as embalagens PET produzidas por Guaraná Antarctica, e com isso, aumentar para 100% o número de embalagens recicladas.

A Ambev (Companhia de Bebidas das Américas), juntamente com o Guaraná Antárctica, desenvolveram para o Projeto Sustentabilidade Ponta a Ponta a primeira garrafa PET totalmente reciclada que utiliza resina PET e resinas naturais. Atualmente 12% das garrafas de 2 litros do Guaraná Antárctica já utilizam esta tecnologia, a marca espera atingir 20% das prateleiras brasileiras com seu novo produto até 2013 e estimular a reciclagem do PET na sociedade brasileira.

Atualmente são recicladas cerca de 60% das garrafas PET produzidas, porém, após a sua reciclagem perdia-se algumas de suas propriedades, sendo possível aproveitar somente 18% do material para a produção de uma nova garrafa, o restante gerava outros materiais. Com a nova tecnologia será possível reutilizar 100% do PET como matéria-prima para as garrafas originais. Outra vantagem do projeto do Guaraná Antárctica é que qualquer garrafa PET pode ser reciclada independente do fabricante, cor da embalagem e formato da garrafa.

Este projeto sustentável da fabricante brasileira de guaraná não abrange somente as embalagens do refrigerante, segundo o gerente de marketing, Thiago Guedes Hackradt, o projeto possui cinco vertentes: Consumidores; Cooperativas; Pontos de Coleta; Sociedade e Meio Ambiente.

Projeto Guaraná Sustentável

O Guaraná Antárctica se preocupa com todo o processo produtivo, desde o apoio aos agricultores que extraem o fruto com a formação de cooperativas agronômicas, impondo a extinção do trabalho infantil nestas comunidades, estimulando a educação ambiental e técnica e a geração de renda na região de Maués, no estado do Amazonas, onde a fabricante compra 100% do fruto produzido.

Outra importante mudança implantada pela empresa se deu no transporte dos seus produtos e matérias-primas, economizando combustível e diminuindo a emissão de poluentes gasosos.

Ações de apoio a cooperativas de catadores e pontos de reciclagem estão sendo implantados pela empresa, visando aumentar a reciclagem de PET e fomentando a consciência ambiental na sociedade brasileira.

O desenho das garrafas PET foi remodelado para consumir menos matéria-prima, outra ação realizada pelo Guaraná Antárctica foi “o retorno das garrafas retornáveis”, isso mesmo, as garrafas de 1 litro de vidro voltaram a ser produzidas, pois, o vidro é por natureza 100% reciclável e as embalagens podem ser reutilizáveis muitas vezes antes da reciclagem.
Vantagens do PET 100% reciclado

Imagem1

Segundo estimativas a nova garrafa PET deve economizar cerca de 70% de energia, 20% do consumo de água e a redução de 1,3 milhões de quilos de petróleo utilizados na fabricação do PET convencional que será substituído pela resina resultante do processo de reciclagem do material.

A ação promovida pelo Guaraná Antárctica irá impactar um número significativo de pessoas, levando aos consumidores da empresa a experiência e oportunidade de participar dessa iniciativa, e assim investir na qualidade de vida da sociedade como um todo, causando impacto em toda a cadeia de reciclagem do país.

A tecnologia usada para a fabricação das embalagens de garrafa PET totalmente reciclada visa aumentar gradativamente a utilização de resina de PET reciclada à resina virgem, fazendo com que as garrafas sejam produzidas a partir do maior número possível de material reciclado. Desta forma, será retirado do meio ambiente o equivalente a 30m3 de materiais descartados em aterros sanitários para cada cinco toneladas de PET reciclado.

As garrafas PET totalmente recicladas estão sendo produzidas nas fábricas da Ambev, localizadas na cidade de Curitiba (PR), Sapucaia (RS) e no Rio de Janeiro. Fazem parte de um projeto maior denominado Ambev Recicla que abrange todos os produtos produzidos pela companhia.

Assista ao vídeo da campanha:

Para colaborar com a causa é muito simples. Você pode começar separando as garrafas PET na sua casa e, dessa forma, facilitar o trabalho das cooperativas que selecionam e separam os produtos.

Por Laryssa Bertin Ribeiro