Muitos historiadores vêem uma estrutura tribal entre o povo de Israel que saiu do Egito para conquistar Canaã. Porém, a estrutura das 12 tribos era congregacional com relativa autonomia com crescente espírito nacionalista. Não dava para comparar com a fragilidade de coesão das cidades-estado que perdurou até a Idade Média. Outra vantagem era a ação democrática para escolha de líderes diante de ataques inimigos. Um sistema que durou cerca de 400 anos veio desintegrar-se com a monarquia.

Blog Paracleto

Quando o povo de Israel entrou na terra de Canaã, se deteve diante da magnitude do próximo passo: tomar posse, estabelecer-se. Israel estava prestes a formar um país federativo, contornando a monarquia, tão sujeita a erros e excessos.
“Naqueles dias nao havia rei em Israel; cada um fazia o que achava certo aos seus olhos”, escreve o escritor do livro de Juizes no capítulo 21 e verso 25. Penso que o paralelismo usado aqui não defende a monarquia, mas sim reclama da perda de oportunidade da proposta de Deus. Se foi Samuel quem escreveu, ele mesmo reclamou da impaciência do povo em sujeitar-se à um rei. Deus lhe responde que o governo que eles rejeitavam era o Reino de Deus.

Titulo – O título hebreu também é Juízes (Shophetim). Richter indicou que a raiz shpt não significa somente “julgar”, mas também “dominar, governar”

Significado – Moisés delegou ao povo escolher…

Ver o post original 444 mais palavras

Anúncios