Planejando começar operações no Brasil em 1 de setembro deste ano, a Amazon terá de esperar mais. Por não achar um lugar para fixar seu centro de operações, a gigante varejista só vem ao país definitivamente em 30 de junho de 2013, segundo o Valor Econômico.

Executivos da companhia visitaram oito cidades na Grande São Paulo e no interior do Estado, incluindo Campinas, Guarulhos e Sorocaba. Em nenhuma delas foi visto o lugar ideal.

Até o começo do ano a empresa tem de encontrar um depósito em construção a ser concluído no primeiro trimestre. Outra solução seria achar um que pudesse ser alugado somente no próximo ano.

A partir de 30 de julho, a Amazon deve passar a vender produtos de pequeno porte, como livros, CDs e DVDs, além de leitores digitais Kindle. Editoras ouvidas pelo Valor acreditam que os e-books chegarão antes ao mercado brasileiro, já que não precisam ser armazenados.

Várias editoras já teriam fechado acordo com a multinacional, mas as maiores ainda resistem por considerarem que as condições da Amazon são muito agressivas.