Muitas greves ocorrem em períodos próximos às eleições municpias ou estaduais/federais. Muitas deles tem pleitos legítimos. Mas a proximidade cada vez mais frequente de eleições torna seus efeitos questionáveis.

Uma parte considerável de mão-de-obra concursada e contratados ficam disponíveis para atuar nas campanhas eleitorais. No Perfil dos candidatos, encontramos muitos servidores públicos.

Com 30 partidos políticos, várias Centrais sindicais e milhares de sindicatos, a população fica sem opções confiáveis.

 

Anúncios