A mina primeira função na Igreja Batista do Campo dos Afonsos foi a liderança da Escola Bíblica Dominical. Na igreja anterior, eu fui líder da EBD e aceitei o convite do meu amigo pastor Joaquim José da Silva Junior.

Em 29 de setembro de 1996 fiz uma carta de despedida da Igreja Batista de Vila Valqueire, expondo nossas razões para o pedido de transferência. Entendíamos estar dentro de um Plano perfeito de Deus.

Naquela mesma noite a bolsa, onde Gabriel estava sendo gerado, estourou e corremos com Sara para o hospital a fim de aguardar a equipe obstetra para realizar o parto. Gabriel nasceu saudável e cheio do Amor do Pai. A primogênita Laryssa o aguardava com seu amor leal e cheia de alegria.

Em outubro de 1998, assumi a direção da EBD da IBCA. Naquele tempo, via de regra, as classes das igrejas batistas assumiam papel relevante na promoção e doação de ofertas para as Juntas missionárias. Algumas igrejas tinham 2 cultos dominicais matutinos, ente os quais, situava-se a EBD. Em nosso caso, a EBD se realizava antes do culto matutino, às 9h. Esse padrão ocorre até os dias de hoje.

Em maio de 1999, o pastor Joaquim me perguntou se eu tinha interesse de participar da Conferência missionária da Junta de Missões Mundiais. Eu respondi que sim. Ele me informou que a IBCA pagaria os meus custos de viagem de ônibus, inscrição e estadia. Foi uma experiência muito especial. Fiquei muito impressionado com a mensagem do pr. Waldemiro Tymchak e do presbítero Rubem Amorese (na época ele fazia parte do gabinete do senador pelo Rio de Janeiro Artur da Távola).

Em 1999, a EBD apresentava uma matrícula média de 350 alunos. Chegamos a atingir presença em classe de 200 alunos. Jovens e Adolescentes chegavam a 25%, Homens com 10%, casais com 20%, Mulheres com 20% e 25% para as classes de novos convertidos e novos membros.

Em abril de 1999 realizamos a Conferência sobre Dons e Ministérios com a presença de Russel Shedd, Osiris Marques Junior e Israel Belo de Azevedo. O nosso objetivo era receber novo ensino sobre dons espirituais e aplicação em múltiplos ministérios.

Em fevereiro de 2000, realizamos nossa Conferência de Missões com a presença do pastor Waldemiro Tymchak (JMM), Roberto Alexandre (Missão Kairos), Robson e Emília Abreu (Novas Tribos), Teresa Santos (VIVA Neteork) e George Verwer, com tradução pela missionária Tereza Santos no culto de domingo pela manhã.
Verwer é o fundador da Agência OM que mantém as operações do navio Logos Doulos (já desativado) e Logos Hope.

Quando li o livro do Greg Livingstone, que comprei na livraria do navio Logos Hope da OM, notei que eles foram companheiros de missão em 1962 na Espanha junto com Loren Cunningham, fundador da JOCUM.

No meu livro Missão da igreja dimensões e efeitos, relato o crescimento numérico da Igreja Batista do Campo dos Afonsos no período 2001 a 2005, passando de 860 a 1140 membros. O ensino da Palavra sempre foi um fator crítico de sucesso na evangelismo pessoal, confronto de heresias e na mudança comportamental dos cristãos. Se um cristão desiste de ouvir a Palavra, ele pode estar desistindo de seguir Jesus.

Em 2005, a EBD apresentava uma matrícula média de 515 alunos. Chegamos a atingir presença em classe de 335 alunos com frequência média de 65%.

Em Maio de 2000, a LifeWay que era a Casa Publicadora das Igrejas Batistas do sul dos EUA, publicou a história de desenvolvimento da nossa Escola Bíblica de nossa Igreja Batista do Campo dos Afonsos.

Em agosto de 2001, participei do Seminário Internacional do Instituto Haggai, na ilha de Maui, Havaí. Isso mudaria minha atuação ministerial, mas falaremos isso na próxima postagem.