João 21: 20-23 Então, Pedro, voltando-se, viu que também o ia seguindo o discípulo a quem Jesus amava, o qual na ceia se reclinara sobre o peito de Jesus e perguntara: Senhor, quem é o traidor?  Vendo-o, pois, Pedro perguntou a Jesus: E quanto a este? Respondeu-lhe Jesus: Se eu quero que ele permaneça até que eu venha, que te importa? Quanto a ti, segue-me.  Então, se tornou corrente entre os irmãos o dito de que aquele discípulo não morreria. Ora, Jesus não dissera que tal discípulo não morreria, mas: Se eu quero que ele permaneça até que eu venha, que te importa?

mico#15

Alguns comentaristas perceberam que, na noite em que foi traído, Tomé demonstrou outra expressão de incredulidade quando: “…Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho?”. Alguns dias antes, quando Jesus decide ir ter com o defunto Lázaro, Tomé, talvez ironizando a decisão, fala para o grupo: “_ … vamos também nós para morrer com ele”. A palavra hebraica Tomé significa gêmeo assim como a palavra grega Dídimo.

A pergunta diante da ausência de Tomé na primeira aparição no Cenáculo é: O que Tomé estava fazendo numa cidade traumatizada pelos últimos eventos? Sua ausência é registrada por João (Jo: 20:24), mas não justificada. Suponho que Tomé estava com dificuldades para crer. Pode ser necessário sairmos de um lugar, ficarmos a sós e buscarmos respostas às dúvidas que se avolumam. Quantas vezes precisamos estar a sós para lembrarmos as palavras que nos trouxeram à Fé. A vida de Tomé é um exemplo de homem que queria crer. Ele tinha dificuldades mas reconhecia isso. E ele não se afastava daqueles que criam. Jesus fez cinco aparições no domingo, dia em que ressuscitou. Acho que Ele queria marcar o domingo como o dia da ressurreição de Cristo. Por isso Voltaire afirmou: “Para destruir o cristianismo, é preciso destruir primeiramente o domingo”.

Após a semana inteira, Ele reapareceu no domingo. Tomé percebe o mico que pagou por não crer no testemunho dos seus irmãos. Mas era necessário pra ele. Ele precisava crer. Ele queria crer. A partir daquela prova, ele não teria mais dúvidas. Ele viveria por isso. C.S.Lewis lembrou que 99% das coisas que você acredita são aceitas por autoridade. Isto é, você acredita no que seus professores dizem. Acredita no que seus pais aconselham. Você confia nas Instituições e nas autoridades. Nós precisamos crer em ideias, dar crédito às pessoas. Precisamos confiar.

O que Tomé disse de Cristo é que o mundo está dizendo para a igreja: “…se nós não vermos em suas mãos o sinal dos cravos, nós não acreditaremos”. Se nós temos as marcas de Cristo, precisamos mostrar ao mundo. Essa é a resposta para a falta de fé.

Anúncios