O brasileiro precisa ser incentivado a ler bons livros, a redigir textos relevantes e compartilhar livros a preços populares.
O livro, de modo diferente da revista, amplia o senso crítico para a construção de argumentos sólidos individuais.

Blog Paracleto

A aversão dos brasileiros aos livros foi assunto da revista britânica “The Economist”. Para a publicação, a situação precária das bibliotecas públicas e o baixo índice de leitura dos brasileiros constituem “motivo para vergonha nacional”, juntamente com o crime e com as taxas de juros.

Meu livro estará a venda desde o dia 3 de setembro, todos os dias da Bienal. Para confirmar presença no lançamento do meu livro dia 10 de setembro, clique http://t.co/peGt43k e responda SIM.  Vc pode comprar online aqui ao lado.

Leia abaixo uma tradução do texto “Um país de não-leitores” publicado pela “The Economist”.

“Muitos brasileiros não sabem ler. Em 2000, um quarto da população com 15 anos ou mais eram analfabetos funcionais. Muitos simplesmente não querem. Apenas um adulto alfabetizado em cada três lê livros. O brasileiro médio lê 1,8 livros não-acadêmicos por ano –menos da metade do que se lê nos EUA ou…

Ver o post original 266 mais palavras

Anúncios