Com menos orçamento e com menor apoio popular, a 16.ª Parada do Orgulho LGBT encolheu. Pela primeira vez na história do evento, a organização não divulgou oficialmente o público que compareceu à Avenida Paulista. Para a Polícia Militar e estimativa do DataFolha, a festa atraiu muito menos gente que nas edições anteriores.

“Está muito mais pobre, com menos gente, menos carros, menos divulgação”, resumiu a travesti Desire Viana, de 33 anos, vestida de gladiadora, que há oito anos vem de Porto Alegre (RS) para a parada. Neste ano, o orçamento foi de R$ 325 mil – R$ 120 mil a menos que no ano passado. E o número de trios elétricos caiu de 16 para 14.  O governo baiano, por meio da Empresa Baiana de Turismo S.A. (Bahiatursa), participou do patrocínio com a apresentação da cantora Daniela Mercury com o valor de R$ 120 mil.

Estimativa de público da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo
Ano Edição Organizadores Polícia Militar
1997 I 2.000
1998 II 8.000
1999 III 35.000
2000 IV 120.000 100.000
2001 V 200.000
2002 VI 700.000 400.000
2003 VII 1.000.000 800.000
2004 VIII 1.800.000 1.500.000
2005 IX 2.500.000 1.800.000
2006 X 3.000.000 2.500.000*
2007 XI 3.500.000
2008 XII 3.400.000
2009 XIII 3.100.000
2010 XIV 3.500.000
2011 XV 4.000.000

* valor incluído no Guiness Book; após essa edição, a PM não divulgou mais estimativas.

Uma pesquisa realizada durante a edição de 2005 do evento, realizada pela associação que coordena o evento e várias universidades (dentre elas, UERJUSP e UNICAMP), revelou que 57,6% das pessoas que compareciam ao evento o faziam para que os homossexuais tenham mais direitos; 26,7% por curiosidade ou diversão; 8,9% por solidariedade com amigos ou parentes homossexuais; 4,1% para “paquerar”; 1,6% para trabalhar e 1% por outros motivos. Dentre os participantes, 25,9% se declararam heterossexuais.

________________________________________________________________________________________________________

Lower budget and without supporters, Gay Pride Parade shrank. For the first time in the history of the event, the organization has not officially announced the public who attended the Avenida Paulista. To the Military Police and estimated DataFolha, the party attracted far fewer people than in previous editions.

“It is much poorer, with fewer people, fewer cars, less marketing,” summed up the transvestite Desire Viana, 33, dressed as a gladiator, who since 8 years ago comes from Porto Alegre (RS) for the parade. This year, the budget was R$ 325,000 – R$ 120,000 less than last year. And the number of electric cars fell from 16 to 14. The government of Bahia, through the Bahia de Turismo SA (Bahiatursa), participated in the sponsorship with the presentation of singer Daniela Mercury with the amount of R $ 120,000.

cálculo parada gay 2013