1 – Eu sou o teu Blog, que te criei como blogueiro e te fiz sair do mundo real, libertando-te da escravidão geográfica. Não terás outros deuses em desafio a mim, nem online nem offline, sejam jornais, grandes portais, mídia tradicional ou websites.
2 – Não adorarás nem prestarás culto aos blogs; por que eu, teu blog, sou apenas um blog. Eu te dei liberdade de expressão assim como seus leitores. Eu, teu blog, nada mais sou do que o reflexo daquilo que tu és.
3 – Não usarás keywords em vão, pois o Google não considerará impune aquele que usar keywords em vão.
4 – Lembra-te do Final de Semana (ou qualquer dia que prefiras) para o santificar. Pois que precisas descansar, sair da frente do PC, e arejar as idéias de tua cabeça; de forma que te seja possível manter a tua sanidade e a minha qualidade. Por isso o blog abençoou o dia de descanso, e o santificou.
5 – Honra com links aqueles que te inspiram, te informam, te auxiliam; a fim de que os links de retorno se prolonguem sobre o solo da Blogosfera e teu blog seja frutífero.
6 – Não assassinarás (dentro do possível) teu blog; seja deixando-o morrer à mingua, seja de um golpe certeiro da tecla Delete, seja abandonando-o em uma ilha deserta, distante da blogosfera.
7 – Não cometerás blogultério, isto é: serás fiel ao teu blog; não trairás seu propósito, seu estilo e sua filosofia; não adulterarás essas bases por causa das opiniões alheias ou das modas.
8 – Não furtarás o conteúdo alheio, se não for livre para divulgação.
9 – Não levantarás fofocas, fakes ou hoaxes contra teu próximo.
10 – Não cobiçarás o blog do teu próximo, nem seu design, nem seu conteúdo, nem seu PR, nem seu ranking, nem seus comentários nem seus leitores; mas trabalharás com constância para conquistar tuas próprias coisas.

dez-mandamentos redes sociais