O Programa Desenvolvimento & Cidadania da Petrobras, lançado na tarde desta quarta-feira (24 de março), na sede da empresa, no Rio de Janeiro, vai destinar R$ 110 milhões para projetos em andamento ou em fase de planejamento. As inscrições já estão abertas.
De 2007 a 2009, o Programa investiu R$ 396 milhões em 1.891 projetos. O Programa prevê investimentos de R$ 1,3 bilhão até 2012, que deverão permitir a realização de projetos que atendem direta e indiretamente a 18 milhões de pessoas em todos os estados do país.
As inscrições podem ser feitas gratuitamente até o dia 21 de maio, no site do Programa www.petrobras.com.br/desenvolvimentoecidadania

Durante o período de inscrições, a Petrobras vai promover caravanas em todos os estados brasileiros para divulgar o programa, o regulamento e capacitar as organizações sociais para a elaboração de projetos. Podem participar da seleção pública, propostas que tenham como foco ao menos uma das seguintes linhas de atuação: geração de renda e oportunidade de trabalho; educação para a qualificação profissional e garantias dos direitos da criança e do adolescente.
Podem ser inscritos projetos que solicitem valor de patrocínio por dois anos de até R$ 1,450 milhão. O presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli, frisou que “o processo tem que abrir perspectivas, esperança e caminhos para o desenvolvimento”. A seleção, segundo ele, deve ser um elemento de qualificação para a sustentabilidade do projeto contemplado com os recursos.

Jovens
O foco dos projetos selecionados deve ser preferencialmente voltado para o público jovem, com idade entre 15 e 29 anos. Projetos com foco em geração de renda e oportunidade de trabalho devem prever acompanhamento da evolução da renda dos participantes, salientou o gerente de Responsabilidade Social da companhia, Luis Fernando Nery. “Na edição anterior foram aplicados R$ 54 milhões, sendo R$ 27 milhões por ano. Agora, os recursos chegam a R$ 110 milhões. A expectativa é que, ao dobrar o valor, o número de projetos contemplados também seja maior do que os 72 selecionados na última edição”, salientou Nery.

De acordo com a Petrobras, serão aceitos projetos sob responsabilidade de organismos governamentais, não governamentais e comunitários e comunitários que atuem no Terceiro Setor. Cada organização poderá inscrever até três projetos, mas apenas um poderá ser escolhido.

Caravanas
Durante o período de inscrições para o Programa Desenvolvimento & Cidadania, que começou nesta quarta-feira e se estende até 21 de maio, a Petrobras vai realizar em todos os estados as Caravanas Sociais. A idéia é divulgar o programa e capacitar as entidades tecnicamente.

Os projetos passarão por quatro etapas de seleção: triagem administrativa, triagem técnica, comissão de Seleção e Conselho Deliberativo. Entre os critérios gerais do programa estão viabilidade técnica, financeira e operacional do projeto, além de potencial de desempenho estabelecidas pelo programa.

#paracleto
#Missão integral
G/P
Jair