No meu livro Missão da igreja: dimensões e efeitos, destaco que a manifestação dos dons espirituais que cresceu nos anos 80 entre as igrejas evangélicas de missão no Brasil, conduziu à salvação em Cristo milhares de brasileiros (entre os quais eu), causou a divisão de várias denominações e provocou uma 3ª onda de surgimento de novas igrejas especialmente as neo-pentecostais.

Neste Blog falamos sobre a importância da compreensão do que é diaconia para as igrejas. Tanto menor a promoção do uso dos dons espirituais, maior será a concentração dos serviços sobre algumas pessoas do ministério. No início poderá prosperar, mas após algum tempo o cerne ministerial apresentará sinais de stress. A figura abaixo, mostra como funciona. E se chacoalhar muito, a pressão interna aumentará e expulsará a tampa.

Em nossas pesquisas sobre avaliação da missão integral das igrejas, perguntamos se o crente percebe que ele e membros de sua família estão felizes com o serviço que eles realizam na igreja.

O modelo mais sábio passa pelo teste paciente dos dons e sua alocação coerente conforme a demanda. Espera-se um envolvimento desde os adolescentes e jovens para realizar um trabalho de discipulado completo. Em outra ocasião, falaremos da tendência das Organizações sociais e Agências missionárias de recrutar crentes com a menor experiência possível em serviço de igrejas. Parece bizarro?

Dons e o modelo do gargalo

Anúncios