Não há dúvidas de que, especialmente nas metrópoles, produzimos uma quantidade muito alta de lixo e ainda estamos buscando formas de lhe dar um uso mais sustentável. Ideias como a deste grupo holandês fazem a diferença. O Goedzak é um saco de lixo onde só entram coisas que podem vir a ser úteis a alguém.

Goedzak1

Um grupo Holandês de design e engenharia pensou numaa ideia bem melhor pra contribuir na reutilização do lixo diário, quando perceberam que muitas coisas que são descartadas como lixo e que na verdade podem ser úteis para outras pessoas sem precisar somar esse total de resíduos gerados. Foi assim que eles criaram o GOEDZAK (derivação das palavras GOE e ZAK ou BENS e SACOLA, respectivamente), que nada mais é que um saco de lixo para serem colocadas as coisas que não servem mais para você, mas que ainda podem ter uso para outras pessoas.

Muitos dos itens que rotulamos como lixo podem não o ser na perspectiva de outras pessoas. Então por que não separar o que é realmente lixo do que ainda pode ser utilizado por outros? Junto dos outros sacos do lixo na rua, o Goedzak se destaca pelo design e permite que os objetos sejam vistos pelos pedestres, chamando mais facilmente a atenção e dispensando uma pesquisa exaustiva no interior dos sacos. O mais legal é que esta inovação pode ainda fortalecer as relações na comunidade, aumentando o sentimento de partilha.

A ideia é criar uma espécie de Freecycle de bairro. “Esses objetos desaparecem em sacos de lixo cinzentos e acabam em pilhas de lixo”, anota no site do projeto Simon Akkaya, que também assina o manifesto “Design for Altruism“. “O meu objetivo foi desenhar produtos que incentivem as pessoas a agir em benefício dos outros, de preferência estranhos”.

 Segundo o site Dezeen, os designers pretendem trabalhar com a cadeia de lojas de segunda mão, a Kringloop Het Goed, que recolherá os sacos que permancerem abandonados algum tempo.

Ideia fácil de ser replicada no Brasil. Quem se habilita?

Anúncios