O Facebook deve apresentar documentos a órgãos regulatórios para uma oferta pública inicial de ações (IPO) avaliada em US$ 5 bilhões, informou o IFR, um serviço de notícias da Thomson Reuters, citando fontes próximas ao negócio.

A rede social selecionou Morgan Stanley e outros quatro bancos para lidar com o IPO. O valor de US$ 5 bilhões é apenas uma meta preliminar e pode ser elevada nos próximos meses caso haja demanda de investidores, afirmou o IFR.

Os outros bancos envolvidos são Goldman Sachs, Bank of America Merrill Lynch, Barclays Capital e JP Morgan, segundo o IFR.

Segundo o IFR, os documentos definem como maio a estreia da maior rede social do mundo no mercado de ações. A operação poderá ser maior que a própria estreia do Google, que fez um IPO de US$ 2 bilhões em 2004.

Anúncios