Thom Rainer escreveu, em 1996, Effective Evangelistic Churches, com as seguintes observações sobre evangelismo no contexto de 576 igrejas nos EUA:

  • Um pequeno número das 576 igrejas se utilizam de eventos especiais para promover evangelismo;
  • 60% das igrejas disseram que eventos evangelísticos não tinham resultados eficazes;
  • Cerca de 70% identificaram a oração como fator primordial ao crescimento evangelístico.
  • Entre 40 e 50% de igrejas em cada categoria de tamanho têm cultos de avivamento regulares efetivos;
  • As igrejas de porte médio apresentam uma proporção maior de batismos.
  • Mais de dois terços das igrejas efetivas em evangelismo tiveram uma freqüência de 100 a 499.
  • Entre as 576 igrejas neste estudo, 242 igrejas (42%) indicou que algum tipo de treinamento contribuiu à efetividade do evangelismo;
  • Pelo menos 60% das igrejas mostrou que visitação aos lares é um método que dá resultado;
  • Apenas 11% das igrejas indicaram que aqueles ministérios de dia de semana contribuem para o evangelismo.
  • Quase 9 em cada 10 igrejas responderam que o local da igreja, até mesmo se fosse um fator em crescimento total, não teve nenhum impacto em aumento de conversões.
  • Somente poucas igrejas se preocupam em realizar cultos especiais para não crentes apenas;

Rainer resume dizendo que as igrejas que têm sido melhor sucedidas em alcançar os perdidos são aquelas que têm focalizado no que é básico: pregação bíblica, oração, testemunho intencional, missões e treinamento bíblico na Escola Dominical. Essas igrejas rejeitaram toda metodologia que se desvia desses pontos fundamentais, e abraçaram as que os desenvolvem e aprofundam. Rainer conclui dizendo que um dos elementos fundamentais do evangelismo eficaz dessas igrejas era a pregação bíblica expositiva.