v.1 Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
No hebraico temos אַשְֽׁרֵAshrey – que significa: Bem aventurado, feliz, ditoso.
Fatores que dificultam o testemunho:
Não andar _ permitir influência
Não deter-se _ parar e conformar-se
Não assentar-se _ abandonar e juntar-se

v.2 Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
A Palavra favorece o testemunho
Os pais quando estavam ensinando a “torá” para seus filhos, e eles aprendiam, os pais davam mel para eles. Desse modo, eles associavam que a Palavra do Eterno era doce como o mel (Sl 119.103). Assim eles tinham prazer em aprenderem a lei do Senhor.
Meditar (no original hebraico hagah) é uma ação física assumindo um tipo de prazer em produzir os sons das palavras (PETERSON, Eugene. A oração que Deus ouve)
Direção ou instrução é melhor tradução do que Lei.

v.3 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
A prosperidade confirmará o testemunho
Além de ser uma árvore que só dá fruto na ocasião própria, o servo é também tipo de uma árvore cuja folha não murcha ou seca.
Isto implica em dizer que esta árvore não sente a mudança de tempo,uma vez que nesta época as árvores perdem as folhas e na Palestina, isto ocorria no início do inverno, sendo que a figueira ficava totalmente “nua de folhas”.
Talvez, para muitos, a melhor expressão fosse ‘transplantados’.
Salmo 92.12 e 13: O justo florescerá como a palmeira, crescerá como o cedro do Líbano. Os que estão na casa do Senhor florescerão nos átrios do nosso Deus.

v.4 Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
A Justiça e expectativa do Juízo favorecem o testemunho
A palavra moinha no hebraico é מֹּץ = Mots = que significa “palha cortada em pedaços, escória de cereais, pragana”.

v.5 Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Traga pecadores para testemunho da Palavra ANTES do Juízo.
O ímpio não poderá ao menos se levantar no dia do juízo.
No original traz o verbo קֻמ = kum = que quer dizer: “levantar-se, rebelar-se, resistir“
Não subsistirão na congregação dos justos
A palavra para congregação no hebraico é עֲדַת = odat > e é oriunda do verbo que significa “adornar“.

v.6 Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.
O seu testemunho é coordenado por Deus
O Senhor conhece o caminho do justo: INÍCIO – MEIO – FIM
Quanto ao ímpio, conhece o FIM.

#paracleto
#Dinheiro e coração
G/P
Jair

Anúncios