Arquivo do dia: 12/28/2009

Tsunami na Ásia, 5 anos depois

Acho que foi o pior desastre natural que tomei conhecimento. Muitas ONGs ainda trabalham na região, recuperando as áreas devastadas. Em outubro, a ONU realizou um teste no sistema de alarme nos 18 países banhados pelo oceano Índico. Tarde demais para muitas vidas.

Em 26 de dezembro de 2004, um gigantesco terremoto submarino na costa da ilha de Sumatra, na Indonésia, abalou a Terra em sua órbita. O sismo, medindo 9,0 na escala Richter, foi o maior desde 1964. Dúzias de tremores secundários com magnitudes de 5,0 ou mais ocorreram nos dias subseqüentes. Mas a conseqüência mais poderosa e destrutiva desse terremoto devastador foi o tsunami que ele causou. A contagem de vítimas chegou a mais de 280 mil e muitas cidades foram praticamente devastadas.

O termo “tsunami” vem das japonesas tsu (porto) e nami (ondas). O tsunami é uma onda ou uma série de ondas no oceano atingindo centenas de quilômetros de extensão e alturas de até 10,5 metros. Estas “paredes de água” se deslocam à velocidade de um avião comercial, ou mais. O poderoso tsunami de 26 de dezembro de 2004 percorreu 600 km em 75 minutos. Isso corresponde a 480 km/h.

Os países mais afetados foram:

Sri Lanka, com milhares de mortos e milhões de desalojados; o estado de emergência nacional declarado;
Índia, nomeadamente os estados de Tamil Nadu, Andhra Pradesh e os arquipélagos Andaman e Nicobar onde algumas ilhas foram totalmente submersas;
Indonésia, ilha de Sumatra estado de Banda Aceh;
Tailândia, especialmente as estâncias turísticas das Ilhas Phi Phi e Ilhas Phuket;
Malásia;
Ilhas Maldivas, onde dois terços da capital, Malé, foram inundados pelo tsunami;
Bangladesh.

CLIQUE NA FOTO PARA ENTENDER A DEVASTAÇÃO

Deixe um comentário

Arquivado em Missões no Mundo